segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Papel em branco

Um papel em branco
É tudo o que eu preciso.
É onde tudo começa.
Nele eu escrevo o que quero,
Não tenho que mostrar para ninguém,
Só deixar fluir, desabafar, desabar...
Não precisa ter linhas,
Deixo que o movimento do lápis siga seu curso,
Seja em retas ou curvas.
Nem precisa ser decorado,
Deixo que a beleza das palavras desenhem
Todo o sentimento.
Nele eu demonstro alegrias e tristezas,
Perdas e ganhos, conquistas e desamores...
Uso isso como válvula de escape,
Quando já não consigo reter as lágrimas
Ou conter as emoções.
Então escrevo para me distrair ou tentar esquecer.
Nem sempre as palavras ficam guardadas.
Eu simplesmente arranco a folha do caderno,
Amasso e jogo fora.
Ele já cumpriu sua missão.
Já me sinto melhor!
         
{Tanmi}
         
'À extremidade de mim estou eu. Eu, implorante, eu a que necessita, a que pede, a que chora, a que se lamenta. Mas a que canta. A que diz palavras. Palavras ao vento? Que importa, os ventos as trazem de novo e eu as possuo.'
         
{Clarice Lispector}

15 comentários:

*Raíssa disse...

Viver é escrever em constantemente em folhas em branco.

:*

Super Nada disse...

Cara, poema perfeito... não sei nem o que dizer... Lógico que eu copiei, imprimi e vou colocar na minha parede junto com alguns outros poemas que também acho muito bons.

Janete Andrade disse...

e o que é a vida se não uma folha em branco, a qual cabe nós o destino que daremos a essa folha... (:

;*

Mary West disse...

Nem acho tão fácil assim, as vezes devemos mesmo cobrir coisas aos borrões, não dá p/ apagar o passado? Basta rabisca-lo então! :D

Tatah Marley's Confissões disse...

LINDOOOOOOOO!
x)
eu e meus papéis, se algum dia alguem ler, to muuuuito encrencada!
x)

adorei o blog!
;*

Nathália disse...

Folhas em branco me fascinam...
Em poucos minutos as transformo e inúmeros rabiscos.

Beijo!

Dany disse...

Lindo texto!!
Nosso futuro é como uma folha em branco... nele, está desenhado tudo o que começamos agora, no presente!
Bjs

Lilah disse...

Tanmii
quee coisa mais lindaa!


seus poemas estaoo lindos!
tava com saudades daaki!

beeijo

Mila disse...

Quanto talento heim!
Aodrei o blog, o lay é lindo de morrer.

(marta entre parênteses) disse...

lindo poema
..adorei teres amassado no final..
ter cumprido a sua missao sabe
lindo demais
vc de fato As possui.
;*

- se não tu perde a melhor parte disse...

Parabéns !
Adorei seu poema e blog !!!



... O que salva é escrever distraidamente.

Clarice Lispector

Victor Manfredine disse...

legal o texto. belas palavras.
eu q sou bobo mesmo
e tenho medo de usar uma borracha
nas folhas riscadas da minha vida
quando preciso. oxxiii.
tenho q aprender essa lição ainda.
bjs. ;]

Maldito disse...

Sei exatamente o que quer dizer,...

Bjs

Camila Colossi disse...

Oiieee :)
teem aviiso no meu blog ;
vee laah?


se cuidaa


;*

Mary West disse...

Menina por onde andas? ;)