terça-feira, 13 de maio de 2008

Na hora de cantar,

Todo mundo enche o peito nas boates, nos bares, levanta os braços, sorri e dispara: 'Eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também.' No entanto, passado o efeito do uísque com energético e dos beijos descompromissados, os adeptos da geração 'tribalista' se dirigem aos consultórios terapêuticos, ou alugam os ouvidos do amigo mais próximo e reclamam de solidão, ausência de interesse das pessoas, descaso e rejeição. A maioria não quer ser de ninguém, mas quer que alguém seja seu. Não dá, infelizmente, para ficar somente com a cereja do bolo - beijar de língua, namorar e não ser de ninguém. Para comer a cereja é preciso comer o bolo todo e nele, os ingredientes vão além do descompromisso, como:não receber o famoso telefonema no dia seguinte, não saber se está namorando mesmo depois de sair um mês com a mesma pessoa, não se importar se o outro estiver beijando outra, etc, etc, etc. Desconhece a delícia de assistir a um filme debaixo das cobertas num dia chuvoso comendo pipoca com chocolate quente, o prazer de dormir junto abraçado, roçando os pés sob as cobertas e a troca de cumplicidade, carinho e amor. Namorar é algo que vai muito além das cobranças. É cuidar do outro e ser cuidado por ele, é telefonar só para dizer bom dia, ter uma boa companhia para ir ao cinema de mãos dadas, ter alguém para fazer e receber cafuné, um colo para chorar, uma mão para enxugar lágrimas, enfim, é ter 'alguém para amar'... Somos livres para optarmos! E ser livre não é beijar na boca e não ser de ninguém. É ter coragem, ser autêntico e se permitir viver um sentimento!
     
{Arnaldo Jabor}

PS: Texto perfeito, enviado por Jéssica Nóbrega (prima, melhor-amiga e quase irmã). Meus agradecimentos!

9 comentários:

jessica disse...

além de ser liindo esse texto de Aranaldo Jabor, só fala a verdade ;D

,teaamo prima-amiga-conselheira-irmã ♥

JéssicaNóbrega

Ana Laura disse...

É muito lindo o texto mesmo, apesar de eu ser uma pessoa muito independente e ter muita dificuldade com relacionamentos.
Pra namorar eu tenho que estar
C-O-M-P-L-E-T-A-M-E-N-T-E apaixonada, senão, nem rola.


Beeijo.

Marcelo Martins disse...

Namorar é ter mesmo a coragem de se entregar, de abrir mão de muita coisa apenas para agradar quem amamos.
È ser cúmplice, fiel e o melhor amigo.
Realmente complexo isso, porém maravilhoso e enriquecedor em nossas vidas.
Ninguém nasceu pra viver só, e muito menos para sair pot aí beijandom a boca de desconhecidos...

Beijinhos.

Janete Andrade disse...

perfeito, adoro arnaldo jabor!
acho q tem mta gnt tentando enganar a solidão com essa história de 'eu sou de ngm, eu sou de todo mundo e todo mundo me quer bem...'

=*

Nathália disse...

Eu amo os textos do Arnaldo!
Ele tem uma inteligência e uma visão sobre as coisas que me encanta/espanta.

Beijo!

Super Nada disse...

A composição é ótima, porque ir contra ao movimento é sempre bom. E o movimento atual é esse do "não ser de ninguém". Mas eu gosto de ser solitário, porque eu sei que só depende de min mudar isso. Quando você está com alguém, nem sempe uma separação depende de você...

Jovem, adorei seu blog. Ele é tão legal, que eu vou linkar só para não perder de vista...

Lilah disse...

mto massa msm!
eh verdade.
ninguem quer ser de ninguem,mas esse ninguem quer sempre ter alguem.

beijo

Mary West disse...

Belo belo belo. E sabe q me tocou mesmo? Do tipo, faz tempoooooooo q meu coração naum acelera mesmo por alguem e ao inves de me descabelar ou sair beijando por aí, prefiro ficar em casa lendo um livro mesmo.

A tecla que faz a diferença... disse...

Sabes eu pensava que namorar era uma coisa bonita e algo que nos trazia muita felicidade, alegria, amizade, prazer e amor.era a vontade e o desejo de sentir, tocar, beijar, namorar uma pessoa, que há muito ansiávamos....eu sou mt nova e ainda mal namorei, mas surgia-me sempre uma dúvida sobre o acto namorar: passado um tempo, os namorados não ficam sem nada para falar, não começa a haver um silencio constrangedor entre eles, não ficam cansados um do outro???ainda são questões que pretendo responder por experiência própria...era só ara dizer que o está muito realista, bonito e vai ao ponto certo da questão...